Polícia ouve moradores em investigação sobre explosão em prédio de Lajeado.

 FONTE G1//A Polícia Civil ouve moradores do prédio em que uma explosão atingiu um dos apartamentos em Lajeado, no Vale do Taquari, na quarta-feira (11). Rodrigo Cézar Arese, de 32 anos, chegava em casa e teve queimaduras. Ele continua internado no hospital Cristo Redentor, em Porto Alegre, em estado grave.

A polícia analisou um vídeo do momento da explosão. As imagens mostram o morador chegando em casa. Logo depois, um clarão toma ocorredor e ele aparece fugindo do fogo.

A força da explosão danificou as portas de outros seis apartamentos e entortou as portas do elevador. Os bombeiros levaram cerca de duas horas para conter as chamas.

O apartamento de Rodrigo ficou completamente destruído. No local, foi encontrado um botijão de gás que não chegou a explodir. O prédio tem gás central. No dia da explosão, o síndico do prédio disse que havia fechado o registro geral por causa do forte cheiro.

O prédio foi interditado. Os cerca de 50 moradores puderam voltar para casa no último sábado (14). Um laudo que será entregue pela perícia vai apontar as causas da explosão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *