Prefeitura investe mais de R$ 30 milhões na João Corrêa

Inauguração das obras será nesta sexta-feira, às 11 horas

 

O bairro Vicentina, um dos mais populosos de São Leopoldo, carregou por anos o estigma do isolamento. Separado do Centro pela BR-116, os moradores, historicamente, sofreram com o descaso do Poder Público. Situação que está se revertendo completamente, graças a projetos pensados para a região Oeste nos últimos dois anos. Um deles é a revitalização do entorno do arroio João Corrêa. Nesta sexta-feira (10), às 11 horas, o prefeito Anibal Moacir inaugura esta obra de contenção às cheias, considerada uma das mais complexas já realizadas na cidade. O investimento ultrapassa a casa dos R$ 30 milhões, recursos oriundos do PAC 1 e financiamento da Caixa Federal.

Mais do que eliminar os prejuízos decorrentes dos alagamentos, a ação irá valorizar o bairro com a revitalização de vias, passarelas e paisagismo. O projeto contempla, no total, quatro pistas de rolamento, duas faixas de estacionamento e ciclovia. Toda extensão recebeu plantio de árvores e as margens ganharam cobertura de grama. Quando foi recebida pela atual gestão em 2013, o contrato estava paralisado desde setembro de 2012. A reativação se tornou possível só a partir de janeiro de 2014, no momento em que o município conseguiu sair do Cadin e quitar os valores de realinhamento junto à Caixa.

O aposentado José Ferreira, 70 anos, mora há quatro décadas no bairro. Nas ruas da Vicentina viu crescer seus três filhos e dois netos. Ele conta que chegou a andar de caiaque no arroio durante a enchente de 1965. “Desde então, muita coisa mudou. Aumentou a população, mas faltava infraestrutura. As cheias sempre foram um tormento”, relata. Ferreira agora pedala na nova ciclovia para ir e voltar do mercado. As antigas pinguelas de madeira foram substituídas por duas passarelas de concreto, com acessibilidade para cadeirantes e ciclistas.

 

Mais vazão

 

O canal tem início na rua Jaci Porto, cruza a avenida Thomas Edison e tem término na casa de bombas, totalizando 1,5 quilômetros de extensão. Ali se encontram as águas da Vicentina, Fião, Cristo Rei, Padre Reus, Duque de Caxias, Cohab Duque, Santa Tereza, Morro do Espelho e parte do Centro situado ao sul da avenida João Corrêa, inclusive do município de Sapucaia do Sul, principalmente da área do Horto Florestal.

 

Canal do dique 940

Paralelamente à revitalização, outra obra foi executada. Junto ao dique 940 foi construído um canal que tem início na rua Vicentina Maria Fidelis, contígua ao Parque do Trabalhador, com extensão de 1 mil metros. A estrutura deságua no arroio João Corrêa ao lado da casa de bombas, recebendo contribuição das águas de todo o bairro e do Parque do Trabalhador. Além de ajudar no escoamento correto das chuvas, o canal serve para dividir a área residencial da barragem que forma os diques, evitando invasões e preservando o muro de contenção.

18 imagens

Obras João Corrêa
Obras João Corrêa
Obras João Corrêa
Obras João Corrêa
Obras João Corrêa
Obras João Corrêa
Obras João Corrêa
Obras João Corrêa
Obras João Corrêa
Obras João Corrêa
Obras João Corrêa
Obras João Corrêa
Obras João Corrêa
Obras João Corrêa
Obras João Corrêa
Obras João Corrêa
Obras João Corrêa
Obras João Corrêa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *