Procura é grande no primeiro dia da vacina liberada em São Leopoldo

3 mil doses contra a gripe foram disponibilizadas nesta quinta-feira para a população

São Leopoldo liberou nesta quinta-feira (09) a vacinação contra a gripe para a população em geral. Ao todo, 3 mil doses foram distribuídas pelos postos de saúde na tarde de ontem e neste primeiro dia a procura foi grande logo pela manhã. Só na UBS Materno Infantil cem doses foram aplicadas até as 11h30.

 

De acordo com a diretora do Centro de Vigilância em Saúde, Marivone Perini, senhas estão sendo distribuídas nas unidades somente como forma de organização. “Os números estão sendo dados para organizar a ordem de chegada, só por isso. É bom lembrar, porém, que existe um número limite de doses por posto e que elas não serão repostas quando acabarem porque o Governo do Estado não vai mais enviar vacinas”, explicou.

 

Protegidos

 

A vendedora Vera Lúcia Rodrigues, 33 anos, foi junto com o filho Josué Rodrigues, 6 anos, fazer a aplicação da vacina na manhã de hoje, na UBS Materno Infantil. “Como trabalho em comércio, uso o transporte público todos os dias e estou sempre em contato com muitas pessoas, resolvi vir logo no primeiro dia para garantir a proteção. E aproveitei e trouxe meu filho, também”, explicou.

 

Os marceneiros Adriano dos Santos Gonçalves, 42 anos, e Alexandre dos Santos Gonçalves, 27 anos, também foram se proteger em família. Tio e sobrinho trabalham próximo à unidade e não perderam tempo para receber a dose. “Resolvemos vir hoje para não perder a oportunidade. Fazemos todos os anos e achamos importante estarmos protegidos”, contou Alexandre.

 

A secretária Elisa Becker, 36 anos, estava aguardando a liberação da vacina para a população em geral. “Estava ansiosa, porque temos que prevenir. Quero ver se à tarde eu consigo trazer minha filha para fazer, também.”

 

Município atinge a meta

 

De 25 de abril a 3 de junho, 35.337 das 41.975 pessoas que fazem parte dos grupos prioritários já haviam se vacinado contra a gripe no Município, ou seja, 84,2%, ultrapassando assim a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde de imunizar 80%. Segundo Marivone, apenas as gestantes e as puérperas não alcançaram a meta porque muitas seguem as recomendações médicas que não podem ser discutidas. A vacinação desses grupos também continua nos postos de saúde, enquanto durarem os estoques de doses.

 

Locais de Vacinação:

 

CS Campina

CS Feitoria (UBS Imigrante junto ao Centro)

ESF Trensurb

ESF Cohab Duque

ESF Santo André

ESF Cohab Feitoria

ESF Rio dos Sinos

ESF Brás

ESF Santos Dumont

ESF Parque Mauá

ESF Paim

UBS Rio Branco

UBS Pinheiro

UBS Materno Infantil

UBS Padre Orestes

UBS Campestre

UBS Scharlau

UBS São Cristóvão

UBS Vicentina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *