Queda de neve é registrada em Gramado e em outras cidades gaúchas. Porto Alegre deve registrar mínima de 2 graus nesta quinta-feira

FONTE: O SUL

A onda de frio que derrubou a sensação térmica no Rio Grande do Sul ao longo desta quarta-feira (28) provocou queda de neve e de chuva congelada em diversas cidades. O fenômeno foi registrado em Gramado, Caxias do Sul e São Francisco de Paula (Serra Gaúcha), dentre outras. Em Porto Alegre, os termômetros podem marcar 2°C nesta quinta.

De acordo com os principais serviços de meteorologia, a Região Sul do País deve registrar nas próximas 24 horas as menores temperaturas do ano. Na madrugada, deve ocorrer geada em grande parte do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, além de áreas isoladas no Paraná.

Nesta quarta-feira, 28, o dia na Capital iniciou com mínimas em torno de 3°C e chuva no final da tarde e início da noite. A Defesa Civil do município e a Comissão Permanente de Atuação em Emergência (Copae) seguem em alerta e acompanhando as atualizações da previsão do tempo, com equipes prontas para atendimento à população.

A boa notícia é de que já nesta sexta-feira (30) a massa de ar frio começa a perder força e a se afastar do Rio Grande do Sul em seguida.

Gramado

Um dos principais destinos de viagem do País, Gramado foi cenário de imagens que “viralizaram” na internet, com flagrantes capturados por moradores e turistas da cidade serrana em meio à queda de neve e de chuva congelada, desde o final da tarde desta quarta-feira.

O fenômeno, que já havia ocorrido no dia 20 de junho, deve se repetir até a manhã desta quinta-feira. A cidade tem no mês de julho o auge de sua temporada de inverno, recendo pessoas de vários Estados ou mesmo do Exterior.

Fotos e vídeos postados nas redes sociais mostram grupos de pessoas empolgadas com a queda dos flocos. Algumas chegaram a improvisar os tradicionais bonecos de gelo, ainda que de forma desajeitada, mas compensando com alegria e espírito festivo a falta de prática. Por volta das 23h, os termômetros locais registravam -1°C.

Entenda

Conforme os meteorologistas, chuva congelada e neve são fenômenos diferentes. No caso da neve, trata-se de uma precipitação de cristais de gelo translúcidos e brancos, formados pelo congelamento do vapor d’água suspenso na atmosfera, em geral em formato hexagonal.

Já a chuva congelada normalmente antecede a precipitação de neve e se assemelha a um granizo pequeno, que cai e salta, podendo fazer barulho.

Em um vídeo disponibilizado no site do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a meteorologista Morgana Almeida informa que, eventualmente, em áreas de maior altitude, entre os dias 29 e 31, as temperaturas mínimas ficarão entre -6ºC e -8ºC: “Teremos, pelo menos durante três dias consecutivos, temperaturas máximas inferiores a 10ºC na Região Sul”.

O Inmet prevê que a presença de um ciclone extratropical no Oceano Atlântico intensificará os ventos no litoral da Região Sul e também favorecerá a incursão de umidade nas Serras gaúcha e catarinense. “A combinação de umidade com o ar frio poderá favorecer a ocorrência de chuva congelada e/ou queda de neve nas áreas de maior altitude”, acrescenta Morgana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *