Projeto contribuir para inclusão social por meio de estudos bíblicos - Foto: Neiva Motta/Imprensa Susepe

Susepe e Sociedade Bíblica do Brasil firmam contrato para atividades sociais para o Presídio de Canoas I

Com 393 novas vagas, o Presídio de Canoas I, que será inaugurado em breve, já tem projeto em andamento para contribuir com a atividade de inclusão social por meio de estudos bíblicos, destinado aos futuros presos que lá serão recolhidos.

Para tanto, nesta segunda-feira (15), a superintendente da Susepe, Ane Stock recebeu em seu gabinete dirigentes da Sociedade Bíblica do Brasil que analisaram a implementação do Bíblia no Cárcere, na prática, visa à distribuição do livro sagrado, assistência religiosa e estudos teológicos no cárcere.

Para o médico Renê Assumpção, um dos integrantes da SBB, o objetivo é colaborar na recuperação social por meio da palavra de Deus.  Já a superintendente da Susepe destacou a importância das parcerias com a iniciativa privada. “Toda a sociedade envolvida na inclusão social traz benefícios para quem cumpre pena, de forma que, nos esforçamos para apontar um caminho mais digno ao apenado, essa é a nossa missão”. A SBB é uma entidade sem fins lucrativos, dedicada a disseminar a Bíblia e, por meio dela, promover o desenvolvimento integral do ser humano.

Participaram da reunião, além de demais dirigentes da SBB, o superintendente adjunto da Susepe, Alexandre Micol, o diretor do Departamento de Segurança e Execução Penal (DSEP), Mário Pelz.

Texto: Neiva Motta/Imprensa Susepe
Edição: Léa Aragón/Secom 

Fonte: RS.GOV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *