Três pessoas são presas durante operação contra fraudes em seguradoras no Rio Grande do Sul

FONTE: O SUL
A Polícia Civil deflagrou na manhã desta terça-feira (02) a segunda fase da Operação Barão, cumprindo 22 ordens judiciais de prisão temporária e mandados de busca em oito municípios. A ação, foi realizada por meio da Delegacia de Polícia de Repressão aos Crimes de Roubo de Veículos, do Departamento Estadual de Investigações Criminais, DRV/DEIC, coordenada pelos Delegados de Polícia Marco Guns e Rafael Liedtke. A operação investiga operações criminosas que simulavam roubos, furtos, acidentes envolvendo veículos com o objetivo de enganar as autoridades públicas (falsos registros de ocorrências policiais) e entidades privadas (seguradoras) para receber de forma ilícita o retorno financeiro baseado justamente nessas diversas espécies de fraudes descobertas pela especializada.

Hoje, foram presas preventivamente três pessoas. Todos com antecedentes criminais por receptação, adulteração, estelionato, tráfico de drogas. Além dos três presos, foram feitas vistorias em três centros de desmanche, um na cidade de Capão da Canoa, e os outros dois em Porto Alegre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *