Polícia investiga morte de rainha de bateria de escola de samba do RS

Polícia investiga morte de rainha de bateria de escola de samba do RS
Paola Serpa Severo era da Imperatriz Dona Leopoldina, de Porto Alegre.
Ela foi morta enquanto esperava filha no carro em avenida de Cachoeirinha.
A Polícia Civil começou a investigar a morte da rainha de bateria da atual escola campeã do carnaval de Porto Alegre. Paola Serpa Severo, de 33 anos, foi morta a tiros em Cachoeirinha, na Região Metropolitana. Ela atuava na escola Imperatriz Dona Leopoldina. Era musa de harmonia, e neste ano assumiu o posto de rainha.
A principal suspeita é que ela tenha sido vítima de latrocínio, que é o roubo seguido de morte. Porém, nenhuma outra hipótese é descartada, pelo menos por enquanto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *